EL CIUDADANO ILUSTRE | 2016 | ARGENTINA-ESPANHA | 118 MIN | 12 ANOS

16h – 18h15 – 20h30

De 25/5 (quinta-feira) até 31/5 (quarta-feira)

Roteiro: ANDRÉS DUPRAT

Elenco:
OSCAR MARTÍNEZ • DADY BRIEVA • ANDREA FRIGERIO • NORA NAVAS • MANUEL VICENTE BELÉN CHALANEE • GUSTAVO GARZÓN • JULIÁN LARQUIER • EMMA RIVERA

Apresentação

Em 2015, no desespero em conseguir filmes em película, fizemos uma pré de QUERIDA, VOU COMPRAR CIGARROS E JÁ VOLTO/ 2011, uma comédia exibida em espanhol sem legendas em português e legendas em espanhol quando falado em inglês.

O público adorou, mas por razões de mercado acabamos não estreando. Pois a GASTÓN DUPRAT & MARIANO COHN estreia no Brasil O CIDADÃO ILUSTRE, filme que representou a Argentina ao OSCAR de Melhor Filme Estrangeiro, venceu o Goya de Melhor Filme Ibero Americano e Copa Volpi de Melhor Ator do Festival de Veneza/ 2016.

A dupla de cineastas, que fazem questão de dizer que gosta “de fazer o público se sentir culpado”. Nos apresenta uma sátira mordaz sobre a fama e a idolatria e que foi o maior sucesso do cinema argentino em 2016. IMPERDÍVEL!

Lembram de OSCAR MARTÍNEZ, o rico Mauricio, de RELATOS SELVAGENS, aquele que tenta safar o filho, que atropelou uma mulher grávida e fugiu do local? Ou o Comissário Velarde em KÓBLIC/2016, pois ele retorna em O CIDADÃO ILUSTRE como Daniel Mantovani, o único argentino ganhador do Nobel de Literatura. Radicado há 40 anos na Europa, volta à terra natal, ao povoado onde nasceu e que inspirou a maioria de seus livros, para receber o título de Cidadão Ilustre da cidade – um dos únicos prêmios que aceitou receber.

No auge de sua carreira, Martínez recebeu por este filme a Copa Volpi de Melhor Ator do Festival de Veneza/ 2016. Portenho é também autor e diretor de teatro argentino. Recebeu o Prêmio Konex de Platina em 2001, para a sua carreira como ator de teatro na última década e, em 1991, como ator de comédia em cinema e teatro.

Premiação

Filme protagonizado por Oscar Martínez, vencedor do Prêmio de Melhor Ator no último Festival de Veneza foi a maior bilheteria da Argentina em 2016.

Sinopse

O Cidadão Ilustre coloca em discussão vários debates vivos na Argentina e no mundo. Um deles é o desprezo visto de fora e a crítica sarcástica que o protagonista representa, um escritor exilado há décadas na Europa contra a defesa nacionalista de seus compatriotas. A vida pacífica, a exaltação de si, e do olhar folclórico são um estilo de vida aceitável em uma cidade provinciana, mas para este escritor cosmopolita envolvem a negação de uma sociedade a qualquer ideia de progresso.

Uma espécie de ferida aberta no orgulho argentino se acrescenta a este conflito por ser um país repleto de importantes autores, mas sem um prêmio Nobel para a Literatura, um tema que o filme retoma ao reconhecer o protagonista como o vencedor do prêmio que foi negado a Jorge Luis Borges, por exemplo.

Trailer