Documentário | 2016 | 75’ | Goiás

ESTREIA
13h50 – 21h10
*Menos sábado, 13/5 – 21h10

De 11/5 (quinta-feira) até 17/5 (quarta-feira)

Direção: Henrique Borela e Marcela Borela

Premiação

– 19ª Mostra de Cinema de Tiradentes, Mostra Aurora, Jan​eiro​ 2016​ – Seleção Oficial;
– 38º Cinéma du Réel​ – Festival du Film Documentaire​, First Films​ Competition​, ​Paris/França, ​Març​o ​2016​ – Seleção Oficial​;
– Fincar – Festival Internacional de Cinema de Realizadoras, ​Recife/PE, ​Ju​lho​ 2016​ – Seleção Oficial​​;​
– 2º Pirenópolis.Doc, Festival do Documentário Brasileiro, Ag​osto​ 2016​ – Seleção Oficial​​ – Filme de abertura;​
– 19ª FICA – Festival Internacional de Cinema Ambiental, Mostra Competitiva Internacional, A​gosto ​de 2016​ – Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular e Melhor Produção Goiana​;​
– VII Cachoeira.Doc, Mostra Competi​ti​va de Longas e Médias Metragens, Se​tembro​ 2016​ – Prêmio de ​Melhor filme ​de longa-metragem ​pelo júri oficial​;​
– 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, Mostra A política no mundo e o mundo na política, Se​tembro​ 2016​ – Seleção Oficial​;​
– 12º Brésil en Mouvements, Séance Acces a la Terre, O​utubro​ 2016​ – Seleção Oficial​;​
– 20º Jihlava International Documentary Film Festival,​ Comeptição Internacional​ ​”​Opus Bonum​”​ ​S​ection​ and “Firs Lights”​ ​Section, ​October 2016​ – Seleção Oficial​;​
– 3​2ª Bienal Internacional de Arte de São Paulo – Pavilhão Vídeo nas Aldeias “O Brasil dos índios: um arquivo aberto”. Exposição de trecho do filme, Setembro/Dezembro 2016

Sinopse

Cinco fitas VHS encontradas no armário de uma faculdade disparam o desejo desse filme. Anos depois, munidos de mais registros, vamos ao encontro dos Ãwa na Ilha do Bananal. Levamos conosco a memória do desterro ao qual foi exposto o povo Tupi que mais resistiu à colonização no Brasil Central. As imagens foram vistas, sentidas e mais imagens surgiram desse encontro em meio à luta por Taego Ãwa.

Trailer